terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Back...



Depois de algum tempo ausente volto para deixar mais algumas das minhas marcas... o meu olhar sobre o mundo.

E porque hoje e agora estou a ouvir Donna Maria, que podia ter ido ver ao vivo hj nos Templários com uma querida amiga...

Aqui fica...

Há amores assim
Que nunca têm início
Muito menos têm fim
Na esquina de uma rua
Ou num banco de jardim
Quando menos esperamos
Há amores assim

Não demores tanto assim
Enquanto espero o céu azul
Cai a chuva sobre mim
Não me importo com mais nada
Se és direito ou o avesso
Se tu fores o meu final
Eu serei o teu começo

Não vou ganhar
Nem perder
Nem me lamentar
Estou pronta a saltar
De cabeça contra o mar

Não vou medir
Nem julgar
Eu quero arriscar
Tenho encontro marcado
Sem tempo nem lugar

Je t’aime j’adore
Um amor nunca se escolhe
Mas sei que vais reparar em mim
Yo te quiero tanto
E converso com o meu santo
Eu rezo e até peço em latim

Quando te encontrar sei que tudo se iluminará
Reconhecerei em ti meu amor, a minha eternidade
É que na verdade a saudade já me invade
Mesmo antes de te alcançar
É a sede que me mata
Ao sentir o rio abraçar o mar

Sem lágrima caída
Sou dona da minha vida
Sem nada mais nada
De bem com a vida

1 comentário:

Glitering disse...

Amiga!

Na próxima semana não há nada (nem carros, nem afins) que nos detenha para irmos juntas aos Templários e cantarmos esta música com a fabulosa Marisa!

Adorei todo o layout e refresh do blogue :). É tão bom começar de novo!

Um beijo e boas escritas! Estarei sempre por perto ;).